Casas flutuantes em container

Gostou? compartilhe!

Casas flutuantes em container

Quando se pensa em casas flutuantes, o que vem à mente de muitas pessoas são as comunidades que vivem em construções desse tipo na Amazônia. Nesses casos, a realidade é que boa parte das pessoas não escolheu viver dessa forma, mas, devido à sua condição econômica, essa foi a melhor opção encontrada.

É muito importante que você saiba que esta é uma realidade do Brasil. Ao redor do mundo, esse tipo de construção é bastante comum e é chamada de “casa barco”.

Continue lendo este post para saber mais sobre casas flutuantes.

O que é uma casa flutuante?

Trata-se de uma casa construída para flutuar, ou seja, que está localizada sobre as águas. Em países europeus, muita gente prefere esse tipo de edificação porque pode ter mais privacidade e contato com a natureza.

Quem pensa que esses ambientes precisam ser desconfortáveis está muito enganado: eles cada vez mais ganham ares de sofisticação. Para se ter uma ideia, em São Paulo, já existem opções desse tipo e a estrutura conta energia solar, tratamento dos resíduos e até wifi.

Com o uso cada vez maior dos containers na construção civil, eles vêm sendo cada vez mais empregados nesse tipo de edificação, tornando-as mais duráveis e funcionais.

Urban Rigger: casas sobre as águas

Já ouviu falar do Urban Rigger? Trata-se de um projeto do arquiteto Bjarke Ingels que, visto de cima, mais se parece com uma paisagem montada com lego, porém, na verdade, se trata de habitações flutuantes criadas para acomodar estudantes.

O Urban é feito com containers e conta também com áreas comuns, como um pátio verde, que podem ser usadas por todos os moradores. Os apartamentos são pequenos: a metragem varia entre 23 e 27 metros quadrados e quem acha que o projeto não atraiu o interesse do governo está muito enganado: duas cidades, uma da Dinamarca e outra da Suécia já abraçaram a ideia.

Por contar com uma estrutura sustentável feita em containers e combinar praticidade e um projeto arquitetônico bastante elogiado, o Urban Rigger inaugura um novo modelo de construção.

Teremos cada vez mais casas flutuantes no futuro?

A tendência é que sim. As casas flutuantes são uma das soluções apontadas por especialistas de todo o mundo para que possamos frear o considerável aumento na temperatura da Terra.

Antes elas também não eram tão difundidas porque havia certos inconvenientes que precisavam ser resolvidos, como o fornecimento de energia elétrica e o saneamento básico.

Hoje, com as estruturas em container – um material bastante durável e que necessita de pouca manutenção – é possível ter uma casa segura, com isolamento térmico e acústico e sustentável. Para isso, basta usar energia solar. Quanto ao saneamento básico, é perfeitamente possível coletar os resíduos sem a necessidade de prejudicar o meio ambiente.

Ficou interessado? Converse com a Compass e saiba quanto custa ter uma casa flutuante em container!



Gostou? compartilhe!

Whatsapp COMPASS Whatsapp COMPASS